Blog da família Coutinho, com origem em Sedielos - Peso da Régua, e hoje espalhada pelo mundo. Este será um meio de comunicação entre nós e os amigos. Publicaremos também alguns artigos de interesse geral, nomeadamente sobre o nosso querido Douro.
Terça-feira, 2 de Outubro de 2007
SER TRANSMONTANO
 
Nasci numa linda aldeia
Protegida pela serra do Marão
Como uma mãe protege um filho
Juntinho ao seu coração.
Cresci a contemplar
Essa beleza sem par.
Pé descalço calcurreei os montes
Apanhando a lenha que aquecia
As longas noites de inverno
E no verão matava a sede
Com a água fresca das suas fontes.
Enchido o caixote de lenha
No alto junto à capela
Parava para admirar
Aquela terra tão bela
Que um dia iria deixar.
Fui à escola e aprendi a ler
Mas cedo tive de enfrentar
Aquilo que a minha terra
Não tinha para me oferecer.
Tive de abandonar o lar
Quando ainda era menino
Com a minha mãe a chorar
Temendo pelo meu destino.
Parti para terras do Douro
Com um aperto no coração
Onde tive de ser adulto
Quando na cabeça ainda tinha
O arco, a bola de trapos e o pião.
Esperava-me trabalho duro
Do nascer ao por do sol
Depois de um esforço tamanho
À noite tinha de dormir
Numas palhas estendidas
No chão térreo de um cardanho.
Aí tive de passar
Parte da minha mocidade
Até que o meu pai me disse:
Meu filho, vou-te arranjar
Um trabalho na cidade.
Para trás deixei o Douro
Terra de grande beleza
Onde o verde dos seus vales
Contrasta com a pobreza
Dos que têm que amanhar
A vinha que é dos outros
Para o seu pão cponquistar.
Parti então para a cidade
Transportando na bagagem
Muitos sonhos e esperanças
E uma grande coragem
Para enfrentar a saudade
Dos meus tempos de criança.
Vim encontrar na cidade
Novos e grandes problemas.
Sozinho tive de enfrentar
Toda a adversidade
De quem tem que trabalhar
Longe da sua família
Sem ninguém para o ajudar.
Mas com grande determinação
Venci a adversidade
E aqui vim encontrar
Depois de muito lutar
A minha felicidade.
Agora ainda me lembro
Da minha querida aldeia
Dos meus pais e dos meus irmãos
E dos serões à luz da candeia.
Foi daí que eu herdei
Um grande calor humano
E aos ombros carreguei
Pelas terras por onde andei
Um grande orgulho de ser Transmontano
 
Joaquim S. Coutinho
 


publicado por MSC às 01:03
link do post | comentar | favorito
|

5 comentários:
De Aserrana a 3 de Outubro de 2007 às 14:56
Caro primo, bom amigo
Como eu gostei de ler
O "poema" da sua vida
Que tão bem soube escrever.

Simples palavras de uma vida
Contadas com emoção.
Li-as com muito agrado,
Senti grande emoção.

Da rudeza dessas fragas,
Dessa beleza que acalma,
Tirou Você a coragem
Que lhe engrandeceu a alma!

Da sua infância sofrida
Aprendeu bem a lição.
Grande labuta a sua vida!
Mas deu-lhe bom coração!

Ainda bem que venceu
Na vida as dificuldades
E ainda guarda no peito
Memórias e até saudades.

É transmontano de cepa
Homem de muito cariz
Que, apesar das vicissitudes
Não esqueceu a sua raíz.

Viva muito, viva sempre
Deus lhe dê muita alegria.
De seus primos vai para si
Um abraço, até um dia.


De Anónimo a 3 de Outubro de 2007 às 15:01
E vou eu meter-me entre poetas?
Safa....!
O comentário anterior é de Aserrana.
Este....é meu!!!
Um abraço.
Oserrano


De jorge coutinho a 12 de Outubro de 2007 às 21:46
Tardaste, mas apareceste em grande. Parabéns.Um abraço.
Jorge


De Higino Coutinho a 14 de Outubro de 2007 às 20:21
Parabéns ao "Mano Velho", que teve o engenho e a arte de descrever a nossa história recente,(porque eu também me revejo nesta história) através deste belo poema que me causou uma grande emoção.
Espero que nos ofereças mais coisas destas.
Um grande abraço.

Gino


De Luís Coutinho a 27 de Novembro de 2007 às 16:14
Boa tarde, por curiosidade fiz uma pequena pesquisa na internet sobre as origens do meu nome e cheguei até aqui. Não sou transmontano, sou alentejano, do baixo alentejo, mais precisamente da cidade de Moura. Gostaria de saber se seria possível da sua parte ajudar-me a descobrir a origem dos Coutinhos no Alentejo.
os melhoes cumprimentos

Luís Filipe Castro Tereno Coutinho


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


posts recentes

NO SEIO DA MÃE SERRA

FELIZ NATAL PARA TODOS!

CÁ ESTAMOS DE NOVO

FELIZ NATAL!

EXEMPLO DE CIVISMO

INCÊNDIO EM SEDIELOS

MAIS FOTOS DA NEVE

DEBAIXO DE NEVE

"ENCONTRO FAMILIAR OS COU...

PASSEANDO PELO DOURO

arquivos

Junho 2013

Dezembro 2012

Julho 2012

Dezembro 2009

Outubro 2009

Abril 2009

Janeiro 2009

Agosto 2008

Maio 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Outubro 2006

Agosto 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

tags

todas as tags

links
Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds